Chamateia – Ilha Terceira

 

No berço que a ilha encerra

 Bebo as rimas deste canto

 No mar alto desta terra

 Nada a razão do um pranto

 Mas no terreiro da vida

 

O jantar serve de ceia

 E mesmo a dor mais sentida

 Da lugar a sapateia

 

Ó meu bem ó chamarrita

 Meu alento e vai e vem

 Vou embarcar nesta dança

 Sapateia ... Ó meu bem

 

Se a sapateia não der

 Pra acalmar minha alma inquieta

 Estou pro que der e vier

 Nas voltas da chamarrita

 

Chamarrita , sapateia

 Eu quero é contradizer

 O aperto desta bruma

 Que as vezes me faz vencer

 

Ó meu bem ó chamarrita

 Meu alento e vai e vai

 Vou embarcar nesta dança

 Sapateia... Ó meu bem