Ladrão – Ilha de São Jorge

 

Ó Senhor ladrão anda ligeirinho; - ( bis )

não queiras ficar na roda sozinho. - ( bis )

 

Na roda sozinho não hei-de eu ficar; - ( bis )

uma bela dama hei-de eu abraçar. - ( bis )

 

O ladrão do velho era da Calheta; - ( bis )

namorava as moças da Ribeira Seca. - ( bis )

 

Ó ladrão , ladrão , ó ladrão maldito; - ( bis )

tu falas e negas tudo o que tens dito. - ( bis )

 

O ladrão do velho toda na noite grita; - ( bis )

que a filha mais velha matou-lhe a cabrita. - ( bis )

 

O ladrão do velho já não tem, não tem, - ( bis )

aqui nesta terra quem lhe queira bem. - ( bis )